Site de desaparecidos já recebeu quatro denúncias sobre neto de Chico Anysio
Um dia após a divulgação de um cartaz com a foto de Rian Brito de Oliveira Paula, neto do humorista Chico Anysio que está sumido desde a semana passada, o Portal dos Desaparecidos já recebeu quatro denúncias sobre o paradeiro do rapaz. Todas as informações foram repassadas para a Delegacia de Descobertas de Paradeiros (DDPA), que investiga o caso. Na segunda-feira (29), agentes da DDPA encontraram roupas e documentos de Rian em uma praia entre Carapebus e Quissamã, no Norte Fluminense. As roupas seriam as mesmas com as quais ele foi visto pela última vez. O rapaz desapareceu na terça-feira passada, depois que sua mãe o deixou numa autoescola em frente à Rocinha, em São Conrado. Os agentes fizeram diligências no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba e nas pousadas da região, com auxílio de policiais locais. A delegada Elen Souto, titular da DDPA, informou que as buscas vão continuar nesta terça-feira na região, com o apoio do Corpo de Bombeiros. O delegado da 130ª Delegacia Legal, Carlos Augusto Guimarães, afirmou ao jornal da região que os pertences de Rian foram encontrados no domingo por um pescador que estava acampado na área.
O delegado informou, ainda, que o homem levou o material à delegacia nesta segunda, após perceber que se tratava do neto de Chico Anysio. No último domingo, a Polícia Civil divulgou um vídeo que mostra o jovem no dia em que sumiu. Ele aparece entrando em um táxi, por volta das 13h30m, na saída de um shopping de São Conrado. Os agentes tentam, agora, identificar o motorista. Antes de embarcar no táxi, Rian sacou uma quantia em dinheiro, mas a família não soube precisar o valor retirado da conta bancária. O pai do jovem, Nizo Netto, afirmou ser o suficiente para uma viagem de ônibus. Márcia Brito, mãe de Rian Brito, de 25 anos, disse que acredita que o jovem esteja meditando. “Tô aqui pensando que ele pode estar eremita, ele adora meditar, ele pode estar eremita lá dentro de um lugar lindo que eu vi pelo mapa”, declarou.

Fonte: O Globo.