Fortaleza terá 900 policiais mobilizados neste domingo de manifestações e clássico-rei
“Fortaleza terá mais de 900 policiais trabalhando durante os eventos previstos para amanhã em Fortaleza. Com duas grandes manifestações marcadas na Capital e um Clássico-Rei no Castelão, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS) montou plano estratégico para garantir a ordem durante os dois eventos. Ao todo, 713 policiais militares irão trabalhar no entorno do estádio, em terminais de ônibus e vias de acesso ao local. Serão 100 policiais a mais do que o escalado para o último clássico, em 2015, segundo o comandante do Batalhão de Policiamento de Eventos, coronel Aginaldo de Oliveira. Já para acompanhar os protestos pró e contra o governo Dilma Rousseff, concentrados em dois pontos da Cidade (bairro Parangaba, às 10 horas, e Aterro da Praia de Iracema, às 15 horas) serão 180 militares.

Confronto
O cenário de batalha do último Clássico-Rei em Fortaleza e as recentes cenas de conflito entre torcedores do Fortaleza na última quarta-feira, 9, motivaram a Justiça a retomar medida que proíbe entrada de torcidas organizadas no estádio. Não serão permitidos símbolos, camisas, bandeiras ou instrumentos que façam alusão à Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF), à Jovem Garra Tricolor (JGT) e à Cearamor. Apesar da medida, coronel Aginaldo reconhece que a Polícia “não tem meios suficientes” para conter o acesso dos torcedores envolvidos nos últimos confronto.

(POVO Online)