Tancredo neves

pm
Ricardo de Carvalho e Edgleison Santos são acusados de matar uma mulher. Os dois já respondem por tráfico de drogas e homicídio
Foto: naval sarmento
Os conflitos entre grupos rivais no bairro Tancredo Neves já resultou em três mortes somente na última terça-feira. Segundo a Polícia, os últimos crimes resultaram de disputa pelo tráfico de drogas e vinganças. Uma adolescente e dois adultos foram detidos pela Polícia Militar acusados de um dos homicídios que teve como vítima uma mulher.
Conforme a PM, a mulher foi executada a bala, na Rua da Amizade, na noite da ultima terça-feira (25). A vítima, Francisca Rocatia Paulino Rodrigues, 27, foi atingida na cabeça e no peito. Os executores foram presos logo em seguida.
Após ouvirem disparos de arma de fogo os policiais da Força Tática de Apoio (FTA) da 2ª Companhia do 16º BPM, iniciaram as buscas aos suspeitos, que haviam fugido em um veículo Logan de cor prata. Após perseguição, dois homens e uma adolescente de 17 anos foram capturados ainda com a arma do crime, um revólver de calibre 38.
De acordo com o tenente-coronel Sergistóteles, comandante do 16ºBPM, os suspeitos, Ricardo de Carvalho Freitas,33; e Edgleison Santos Pinheiro Oliveira, 18, já respondem por porte ilegal de arma, tráfico de drogas e homicídio.
A adolescente de 17 anos confessou na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) ser a autora dos disparos contra Francisca Rocatia. De acordo com o oficial, a jovem é irmã de Antônio Marcos Nascimento de Souza, 27, acusado de controlar o tráfico na região e que foi morto na manhã do mesmo dia.

DN