Schumacher está internado desde o final de dezembro, quando bateu a cabeça após cair enquanto esquiava nos Alpes Foto: Getty Images
Schumacher está internado desde o final de dezembro, quando bateu a cabeça após cair enquanto esquiava nos Alpes

O ex-piloto alemão Michael Schumacher está mostrando pequenos sinais encorajadores, disse nesta quarta-feira sua agente, de acordo com a SkyNews. Em comunicado, Sabine Kehm afirmou que “nós permanecemos confiantes que Michael irá passar por isso e acordar”, mas reconheceu que a recuperação será uma longa batalha. “Algumas vezes há pequenos e encorajadores sinais, mas nós sabemos que essa é uma hora para ser bastante paciente”, disse Kehm. “Michael sofreu ferimentos graves. É difícil para nós compreender que Michael, que superou várias situações precárias no passado, se feriu terrivelmente em uma situação tão banal. Estava claro desde o início que essa será uma longa e difícil luta para Michael. Nós estamos enfrentando essa luta junto com a equipe de médicos, na qual confiamos completamente”, diz a nota. Schumacher está internado em um hospital na cidade de Grenoble, no sul da França, desde o final de dezembro. No dia 29 daquele mês, ele sofreu uma queda enquanto esquiava nos Alpes e bateu com a cabeça contra uma rocha – de tão forte o impacto, o capacete se quebrou. O piloto alemão, que completou 45 anos de idade em janeiro, já foi submetido a duas intervenções cirúrgicas para a redução da pressão intracraniana